Já repararam que tem lugares com preços de vacinas diferentes? E o que tem de diferente nas vacinas? Não é tudo igual?

Não! Vou explicar umas diferenças básicas entre vacinas: tem aquelas que tem o vírus vivo atenuado e aquelas que tem o vírus morto. As que tem o vírus vivo atenuado conferem um tempo maior de imunização ao animal; as que tem vírus morto – ou inativado – conferem um tempo menor de imunização, e além disso, contém adjuvantes.

Esses adjuvantes tem relevância quando se fala da espécie felina, pois estão associados a maior incidência de sarcomas em local de aplicação. Os sarcomas são tumores malignos extremamente agressivos. São frequentes? Não muito, mas ainda assim, melhor evitar o máximo que pudermos. A incidência é aproximadamente 1:10.000.

A escolha da vacina depende de diversos fatores. A primo vacinação é altamente recomendada – pode ser de 2 ou 3 doses, a depender da idade em que se inicia a vacinação, seguida de um reforço anual. Os intervalos de vacinação devem ser respeitados, pois há um limite mínimo e máximo entre as aplicações para que a imunização seja efetiva.

Deve-se sempre levar em consideração a necessidade da vacinação, se o animal vai ou não a rua, se vive apenas dentro de apartamento, se é gato único ou se convive com outros. Além de sorologia FIV/FeLV, pois também existe a vacina para FeLV.

Os gatos preferencialmente devem ser vacinados nos membros, com o mínimo de estresse possível e sempre devem ser examinados por um médico veterinário antes da aplicação e escolha do protocolo vacinal – lembrando que eles devem estar saudáveis no momento da vacinação.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *