No dia 22.05 tive o prazer de assistir a uma excelente palestra ministrada pelo Alexandre G. T. Daniel, um dos grandes nomes da medicina felina no Brasil.

Sobre doença articular degenerativa em gatos.

E aqui vão algumas dicas para os donos se atentarem se seus gatos podem ter essa doença.

  • Relutam em pular
  • A posição para comer é diferente de antes
  • Pulam menores alturas e em menor frequencia
  • Relutam em subir escadas
  • Dormem mais tempo
  • Urinam e/ou defecam fora da caixa

Só ter um desses sinais não significa que eles tenham a doença, há diversas causas para eliminação inapropriada ou maior tempo de sono.

Lembrando que a clínica é soberana, apenas uma boa médica veterinária poderá diagnosticar seu gatinho corretamente e oferecer um bom tratamento para dor crônica com um fármaco ideal para a espécie.

O manejo é grande parte de tratamento

Então, facilitar o acesso dele a locais que ele gostam como cama, sofá ou janela através de escadinhas ou outros tipos de artifícios fazendo com que ele tenha que saltar menos, ajuda MUITO.

Elevar o pote de água e ração também pode ajudar. Facilite o acesso a comida e água distribuindo os potes por diversos pontos da casa.

A CAIXA DE AREIA deve ser mais baixa para gatinha com problemas articulares, ou pelo menos a entrada dela. O granulado deve ser o mais fofo possível e colocar mais quantidade para que ele não sinta dor ao usar a caixa.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *