Alguns tutores que convivem com gatos dentro de apartamento e dormem com eles todos os dias às vezes tem costume de levá-los para banho e tosa em pet shops.

Alguns poucos gatos podem até gostar de água, mas será que eles gostam do banho mesmo?

Serem contidos, esfregados, com um perfume forte, retirando seu cheirinho natural, depois passarem por um secador extremamente barulhento, serem escovados (muitas vezes as pressas, puxando a pele quando tem pêlos embolados)?

E como é para o grupo de gatos quando recebe de volta o gato que saiu para o banho?

Se ele não for o único gato da casa, o grupo pode não reconhecê-lo e conflitos podem acontecer por briga territorial, já que o gato que volta pra casa é um ‘estranho’.

Estudos comprovam que o nível de estresse dos gatos aumenta,

E muito com o banho.

Tosas podem ser feitas?

Gatos de pêlo longo ou semi-longo podem ser tosados, devido ao calor, ou a ‘tosa higiênica’ pode ser feita, para que não fiquem restos de fezes aderidos a região traseira. A tosa também pode causar estresse, porém desconheço publicações de estudos sobre o tema.

No caso de tosa total, devem ser deixados os pêlos ao final da cauda, caso contrário, eles podem se auto-mutilar (morder, tentar pegar, rosnar e correr da própria cauda).

Se es tutores fizerem questão de realizar banho e tosa, mesmo sabendo de todo o estresse, procurar minimiza-lo fazendo em casa, ou em um local que tenha só gatos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *